domingo, 21 de março de 2010

Heroes and Saints


Um dia li que os anjos existem. E que vivem perdidos entre nós. Escondidos talvez.

Cortam suas asas com muita dor e depois, se quiserem, nos encontram. Um dia encontram.

Eu só, sinceramente, espero que o meu não demore muito.

Sou a ultima e talvez a única a acreditar que eles existam. OK. Não vou ser tão pessimista. Alguns acreditam, só não se dão conta disso.

Digam o que quiserem, queridos, mais todo mundo sente falta de alguem pra pensar quando escuta uma musica bonita, ou entao, estar naquele lugar especial... seria melhor se estivesse sozinha?

As vezes penso que nasci no século errado, não consigo me acostumar com essas banalidades do amor do século XXI, as pessoas se envolvem por minutos e depois..."Te conheço?"

Gente, nao venham me dizer que é normal, por que não é mesmo. Oamor nãopode ser instantaneo, como qualquer coisa sem importancia.

Devo admitir, antes tinha vergonha vergonha de me admitir uma romantica, pelo simples motivo de achar que era fora de moda, e eu nao estou sozinha, um monte de gente pensa assim. Infelizmente.

Sem vergonha de ser feliz, admito acreditar no amor e esperar por ele. Por favor, me encontra logo??

Termino com um texto lindo, recitado pela Ana Carolina em um dos seus shows...

"Te olho nos olhos e você reclamaque te olho muito profundamente. Desculpa,Tudo que vivi foi profundamente...Eu te ensinei quem sou...E você foi me tirando...Os espaços entres os braços,Guarda-me apenas uma fresta.Eu que sempre fui livre,não importava o que os outros dissessem.Até onde posso ir para te resgatar? Reclama de mim, como se houvesse a possibilidade...De me inventar de novo.Desculpa...se te olho profundamente, Rente a pele...A ponto de ver seus ansestrais...Nos seus traços.A ponto de ver a estrada...Muito antes dos seus passos.Eu não vou separar as minhas vitoriasdos meus fracasos!Eu não vou renunciar a mim;Nenhuma parte, nenhum pedaço do meu ser Vibrante, errante, sujo, livre, quente.Eu quero estar viva e permanecer, Te olhando profundamente."


Preciso dizer mais alguma coisa?...Nao acho que nao.



By Lorrayne



Nenhum comentário:

Postar um comentário