sábado, 28 de maio de 2011



Tem gente que faz falta, assim como se faltasse um dente da frente, a Clarice disse isso uma vez.
É daquele tipo de falta que se vê no espelho, por que é mais falta de você mesmo, do que do outro.
Vamos chamar de embriaguez, como diria a parte melancólica de uma amiga minha.
E eu completo, embriaguez passa rápido e deixa dor cabeça, as pessoas também.
Ainda bem que passam, pois quando se embriaga, se torna metade, e é muito bom estar inteira, como agora.
 Ser metade é sina, que é melhor fugir, já que um dia ela vai me pegar numa esquina qualquer mesmo.
Então vamos deixar pro tempo, é ele que resolve tudo aquilo que a gente não entende.



Lorrayne Nascimento.

domingo, 22 de maio de 2011



Errar. Permita-se errar, menina.
Se até a natureza que erra com suas catástrofes, 
você, pequenina de pé fracos, não irá?
Aceite sua humanidade. 
É assim que se vive, o mundo já tem insanidade demais, não colabore.
E me obedeça. Porque eu sou você.






Lorrayne.



"Em luta, meu ser se parte em dois. Um que foge, outro que aceita. O que aceita diz: não. Eu não quero pensar no que virá: quero pensar no que é. Agora. No que está sendo. Pensar no que ainda não veio é fugir, buscar apoio em coisas externas a mim, de cuja consistência não posso duvidar porque não a conheço. Pensar no que está sendo, ou antes, não, não pensar, mas enfrentar e penetrar no que está sendo é coragem. Pensar é ainda fuga: aprender subjetivamente a realidade de maneira a não assustar. Entrar nela significa viver."

                                                                                         Caio Fernando de Abreu








Lorrayne

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Mães


Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade

Samuel S.

Não desista!


O que realmente importa, e o que me deixa mais triste e preocupado, é quando você assume postura de vítima do mundo, quando você não acredita na sua capacidade de resolver problemas, quando você aceita as situações como insolúveis, quando você pára de "lutar" e simplesmente reclama de tudo e de todos, quando você desiste de ser feliz e culpa outra pessoa pela sua infelicidade, quando você deixa de sorrir e assume que não há motivos para rir, quando está repleto de coisas maravilhosas, quando se esquece até de mim, Eu sou Jesus, aquele que Deus deu para morrer em seu lugar na cruz do calvário, em sacrifício, para que os pecados do mundo fossem perdoados. Até neste momento eu estou sergurando a sua mão, eu estou consolando seu coração, eu estou te olhando, e por te amar demais, fico triste com a sua tristeza, mas, como sei que você nasceu para adorar meu pai que está nos céus, eu agradeço a Ele a oportunidade bendita de te conhecer e cuidar de você, porque você é realmente muito especial para mim. - Autor Desconhecido

Samuel S.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

100%


Recebemos o Selo ''100% Intradutível'', do querido blogueiro misterioso do blog http://poetasinsanos.blogspot.com/
Este Selo é uma homenagem aos blogs cuja originalidade
não se pode copiar nem traduzir.

Os Blogs que considero Originais e que indico o selo:







Beijo e Obrigada.

domingo, 8 de maio de 2011


Não se mate de trabalhar, tentando ficar rico, nem pense demais nisso. Pois o dinheiro pode sumir de repente, como se tivesse criado asas e voado para longe como uma águia - Provérbios

Samuel S.

sábado, 7 de maio de 2011

A vida é MUITO para ser Insignificante.


Já perdoei erros quase imperdoáveis, já tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis, já fiz coisas por impulso, já me desiludi com pessoas que nunca imaginei que me desiludiriam, mas também desiludi alguém, já abracei para proteger, já ri quando não devia. Fiz amigos eternos, e amigos qe nunca vi. Amei e fui amado, mas também fui rejeitado. fui amado e não amei. Já gritei e saltei de tanta felicidade, já vivi de amor e promessas eternas, mas também magoei muitas vezes, já telefonei só para ouvir uma voz e apaixonei-me por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade. Tive medo de perder alguém especial e acabei por perder. Mas vivi e ainda vivo. Não passo pela vida, e também tu não deverias passar! Bom é lutar com determinação e abraçar a vida com paixão. Perder com classe, e vencer com ousadia. Porque o mundo pertence a quem se atrave e a vida é muito para ser insignificante.
Autor Desconhecido

Samuel S.


♪♫
[...]
Pra você guardei o amor
Que aprendi vem dos meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que o arco-íris
Risca ao levitar



Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar...

                                                                        Composição : Nando Reis


Um dia canto isso pra alguem, quem sabe... talvez... não sei... rs..




Lorrayne N.

quarta-feira, 4 de maio de 2011


Linkin Park - From the inside

Eu não sei em quem confiar
Sem surpresa
Todos se sentem tão longe de mim
Pensamentos pesados separados pela poeira
E as mentiras

Tentando não romper
Mas eu estou tão cansado dessa fraude
Toda vez que eu tento me recompor
Voltar a ficar de pé
Tudo que eu sempre acho sobre isso
Todo o tempo cansado entremeios
E como
Tentando confiar em você
Simplesmente me desgasta tanto

Tiro tudo de dentro
E jogo tudo isso fora
Porque eu juro
Pela última vez
Eu não confiarei mais em mim com você

Samuel S.